Rastreamento Satelital. O que você precisa saber!

Visualizações: 66

Os sistemas de rastreamento via satélite já existem há muitas décadas. Seu funcionamento, na verdade, é bem simples: um dispositivo se comunica com uma central de atendimento e envia as coordenadas do usuário, veículo ou objeto no qual ele está instalado.

A principal característica desse sistema é a sua ampla cobertura. Por se comunicar via satélite, o dispositivo pode ser localizado em qualquer lugar do mundo. Para complementar, dependendo do tipo de serviço adotado, é possível realizar um monitoramento via web.

Para quem ou para qual local é indicado o uso do rastreamento satelital?

O rastreamento satelital é bem-vindo para todos, mas em especial para locais onde não possua internet. Algumas regiões, tais como: fazenda, estradas, rios, lagos e até mares não possuem esse tipo de conexão, dificultando sobremaneira a segurança de maquinários agrícolas, caminhonetes, caminhões, gestão de frotas, barcos, lanchas etc…

É importante reforçar que o rastreamento satelital normalmente é utilizado por empresas gerenciadoras de risco, propriedades rurais ou proprietário de veículo com preço elevado, sendo indicado tanto nos transportes de cargas quanto no monitoramento de equipamentos de alto valor, e que não podem, de forma alguma, depender de uma área de sombra .

Nesta opção de rastreamento o equipamento capta a posição do veículo via GPS (satélite) e o rastreador se comunica com os satélites globais,e este envia coordenadas para os servidores da empresa, de gestão de monitoramento,e finalmente disponibiliza para o cliente final  através do aplicativo ou via web. Essas informações de posição são atualizadas e transmitidas a cada 5 minutos. Eles são chamados de Rastreadores 100% satelitais.

Algumas características de rastreadores por satélite (100% satelitais):

  • Cobertura em todos os locais com área aberta;
  • Posição atualizada a cada 5 minutos;
  • Não funciona em túneis e subsolos;
  • Com as novas tecnologias os aparelhos são pequenos e com antena interna, o que torna imperceptível no veículo ou maquinário.

Outras publicações